Todos A Bordo!: Nossos Dez Barcos De Filme Favoritos 1

Todos A Bordo!: Nossos Dez Barcos De Filme Favoritos

Será por causa de o negócio de hambúrgueres não tem se saído bem do todo, ou porque a chamada do mar é forte. O caso é que, por anos, Mark Wahlberg, invadiu a marinheiro. O barco: Com 882 metros de comprimento e capacidade para quase 2.500 passageiros, este imenso transatlântico é o orgulho da companhia de navegação White Star. Seus proprietários dizem que é “insumergible”: você passageiros e tripulação: Entre o extenso grupo de miliardários que ocupa a tampa de primeira categoria, destaca-se uma jovem herdeira, com o rosto de Kate Winslet. Entre a multidão que se hacina em cabines de classe econômica, por sua vez, encontramos um jovem muito parecido com Leonardo DiCaprio. Eventuais contratempos no decorrer da viagem: Conhecer o afeto de sua vida.

Que se pinten um retrato nu antes de perder sua virgindade. Colidir com um iceberg e viver um dos naufrágios mais famosos da história. O barco: No decorrer das Guerras Napoleônicas, a Royal Navy se ufanava de ter navios como esta corveta de três paus e 24 canhões por banda. Oficiais e tripulantes: O capitão Jack Aubrey (Russell Crowe) foi derramado em tal grau sangue a respeito da tablazón da Surpresa que a considera um parente.

Pelo oposto, o seu cirurgião chefe Maturin (Paul Bettany) é um tipo muito mais pacífico, e fã das ciências naturais. Eventuais contratempos no decorrer da travessia: Dar a volta ao mundo perseguindo um esquivo navio francês. Morrer horrivelmente durante cañoneos e abordagens brutais. Descobrir pássaros que não voam e que, dessa forma, não são movidas de onde estão.

O barco: Depois do anterior, de Titanic, Como Para nós não, e, mais ainda, sabendo que este video foi executado ao longo do auge do gênero catastrófico. Passageiros e tripulação: Como mandam os cânones do cinema de catástrofes, entre os passageiros do Poseidon encontramos um agradável sortido de estrelas: Gene Hackman, Ernest Borgnine e Shelley Winters, sem destinar-se mais afastado.

uma vez que o capitão é o amplo Leslie Nielsen, só desejamos desejar-lhe muita sorte: contamos com eles. Eventuais imprevistos durante a travessia: Viver a Véspera de ano novo mais intensa de tua vida, em consequência a um tsunami. Observar como um luxuoso salão de festas fica (literalmente) de barriga pra pequeno. Fazer apostas a respeito quantos personagens chegarão vivos ao fim. Ao acompanhar esse desastrado vaporetto (a vapor, que faz uma rota fluvial entre territórios coloniais, nos retiram a vontade de ver os seus dados técnicos. Com que não afundar, o que nos basta e nos sobra.

passageiros e tripulação: O piloto da casca é um marinheiro canadense, muito malhablado e que bebe tanto como Humphrey Bogart, para não expressar mais. Eventuais contratempos ao longo da travessia: Fugir da colocação arma alemã Luísa. Viver um casamento oficiada in articulo mortis por teu pior oponente. Cantar aquilo “Havia um velho pescador que saiu do porto de Tampico…”.

  • Um Serviço militar
  • 3 Testes de qi
  • um Banco de Talca
  • Humildade (azul-celeste)

O barco: Com 32 canhões por banda, esse veleiro brigue de 3 paus não diminui o mar, entretanto voa. Alguns dizem que nem o próprio Holandês Voador poderia doar-lhe caça. Passageiros e tripulação: Fletada originalmente como um navio negreiro, a Pérola Negra se livrou de tão horrível ocupação graças ao capitão Jack Sparrow (Johnny Depp), pra se esforçar a um essencial bem mais honrado: a pirataria. Desde por isso, há uma certa controvérsia sobre o assunto se o capitão legal é acima ou capitão Hector Barbossa (Geoffrey Rush).

A última vez que o vimos, tudo o que for dito, o navio parecia pouco mais baixo que o normal. Eventuais imprevistos no decorrer da travessia: Presenciar uma infinidade de movimentos, que diversas vezes acabam com o capitão de vez abandonado numa ilha deserta. Lutar contra marinheiros amaldiçoados com a voz de Bill Nighy. Enrrollarte com Penélope Cruz.