P. Diga Com O CPF? 1

P. Diga Com O CPF?

Afonso Reis leva um mês para o comando da ABP. Nesse tempo agora se deu conta da delicada situação do basquete espanhol e de seus profissionais. Peleón em campo, o será em os depachos, contudo chega com boa desejo. A pergunta. O que faz alguém como você do presidente da ABP? Resposta. Há sete anos eu me retirei, acabei de terminar a carreira de engenheiro de caminhos, e comecei a trabalhar nisto.

Por intermédio do verão, sabendo que José Luis Llorente não iria prosseguir, me propuseram o cargo. P. e o achou muito? R. Não. Alterar de setor outra vez e defender os direitos dos jogadores me fazia ilusão. Estou conectado ao basquete pela irmandade, amizade e por meus 17 anos de profissional.

  • Vila-real, ativa o método para otimizar o paradigma de funcionários
  • Joe Flacco, Baltimore Ravens – $22,133,333
  • Os negócios (“Desejamos ampliar nossas vendas”)
  • Vincent Marich, Design de Vestuário (em Los Angeles)
  • 4 Museu Sacro
  • quatrorze de julho: 230 anos da Revolução francesa, dada em 1789

Estou existe um mês no cargo e é uma injeção permanente de adrenalina. Por começo e por que estamos fazendo. De momento, estamos fazendo visitas aos modelos e o tratamento mais próximo com os jogadores vem super bem.

Deste modo já não me vêem distinto, no entanto como mais um. P. Terminadas essas rodadas, o R. Em primeiro espaço, os débitos. Pra começar, passou o de Bilbao. Ficamos a ingerir com eles terça-feira e fizeram a convocação de greve pela sexta-feira. P. e o sugeriram do sindicato? R. recomendamos-Lhes que não fizessem no jogo com o real Madrid, em razão de tudo leva seus prazos. P. você falou ao teu irmão Felipe que fizessem corredor para os jogadores do Bilbao? R. Não. Não fazia inexistência.

Foi um detalhe, um gesto de solidariedade que juntou-se muita mais gente. Este suporte foi muito importante. Felizmente houve uma transformação na gestão e parece que as pessoas que tem entrado é bastante séria. P. Pensa como jogador ou como diretor?

R. Como diretor, não, pelo motivo de não sou. Como jogador não visto que não o echo de menos. E isto que às vezes sonho com isto. Eu sinto falta da luta. P. O Afonso Reis presidente da ABP será tão aguerrido como o jogador?

R. Eu amo do consenso, o diálogo e a comunicação. Eu vou encontrar várias dificuldades, competições internas, interesses, contudo vou com a mão estendida e a legal vontade. Não poderei fazer outra coisa. Assim como é verdade que a mim me facada uma vez, duas não.